Apresentação

O presente blog foi criado em Janeiro de 2005.
Tem como linha de orientação não comentar processos ou casos concretos, menos ainda o que tenha a ver com a minha profissão, estando o meu site de Advogado aqui nele se mantendo o mesmo critério.

Canalizo para a rede social Linkedin as notícias que se reportam à vida jurídica internacional. O mesmo faço na rede social Twitter.

Email: joseantoniobarreiros@gmail.com

José António Barreiros




Jornal da Emigração

O Leal da Câmara cujos desenhos anti-monárquicos eram apreendidos pela Polícia, e cujo jornal ostentava o ante-título provocador «o jornal com maior circulação no Governo Civil», foi uma bela altura impedido de desenhar El 'Rei, pois fazia-o sempre dando a D. Carlos um ar grotesco e banhudo, qual Caçador Simão do Guerra Junqueiro. Limitado na sua capacidade de risco, optou então! E de lápis afiado nas unhas ei-lo a desenhar uma melancia e uma cabaça ou o que fosse que, de rendondo em redondo, sempre hortícola, com ar de inocência malandra, no final era... El ' Rei.
Ora bem.
Eu não estou impedido de escrever sobre nada, mas a verdade é que não tenho escrito sobre a Justiça daqui, porque sou um preso de consciência! Acho que podem ler-me e pensarem que quem escreve não sou eu mas o titular de um cargo que desempenho.
Por outro lado, não quero escrever sobre, como se não escrevesse a propósito de, numa escrita indirecta e insinuatória.
Esta manhã achei a fórmula: emigro! Pronto. A partir de hoje este blog vai passar a albergar cartas vindas lá de longe, sobre coisas do outro mundo.
Adeus, pois, e até ao meu regresso! Vai já a seguir, pelo vapor, a primeira cartinha.